Conheça as Ruínas da Igreja de Nossa Senhora dos Rosários dos Pretos

As ruínas da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos está localizada na regional de Muribeca, não se conhece a data exata de construção da Igreja, mas provavelmente é do início do século XVIII. A primeira referência sobre sua existência é do ano de 1774. Apesar dos pobres e dos recursos limitados, e muitas vezes, à despeito de sua condição de escravos, os membros das irmandades do Rosário construíam suas próprias igrejas, se possível, tão ricas e ornamentadas como as construídas pela elite branca.

Para isso, trabalhavam arduamente produzindo objetos para serem comercializados, cujas rendas eram remetidas às obras, como também pelo serviço voluntário e aquisição de esmolas.
Sua área rural tem possibilidade de desenvolver uma agricultura de proximidade, ecológica e responsável.

Tem na região uma linha de trem urbano e infraestrutura viária que conta com a BR-101 e o Eixo de Integração. Seu potencial ambiental conta com a localização das Zonas de Preservação Permanente das Matas do Engenho Salgadinho e Gurjaú e o patrimônio identificado em seu entorno inclui o Conjunto da Antiga Usina da Muribeca, Engenho Megaype, Povoado de Muribeca dos Guararapes, Igreja Matriz do Rosário e Ruínas da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos. Tipologicamente classificada de ruína no seu processo de tombamento desde 1980 pela FUNDARPE foi construída em alvenaria de pedra e tijolo, coberta por telhado em duas águas com estrutura em tesoura de madeira.

Era composta por uma nave única com corredores laterais e coro, capela-mor profunda abobadada e sacristia. Seu frontispício, de composição triangular, possuía porta e duas janelas, ladeadas por torre sineiro e coroada com uma cruz de pedra. Seu frontão curvo mediado pelo óculo é característico do Barroco Alemão.

A antiga igreja foi erguida na extremidade mais baixa do povoado da Muribeca, formando um eixo longitudinal com a Igreja do Rosário, provavelmente no Século XVIII, pela irmandade dos Pretos. A importância que esta ruína e seu entorno representa para o município e para o Estado de Pernambuco é por ser considerada marco de fatos históricos memoráveis que precisam ser valorizados e compõem um rico acervo que precisa ser preservado para ser difundido e divulgado.

Check Also

Convocatória para o Carnaval 2017

No último dia 27 de janeiro foi publicado, no Diário Oficial do Município, o Edital …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

WordPress spam blocked by CleanTalk.