Igreja de Nossa Senhora de Piedade

N° 406 do Livro de belas artes, folha 78 em 04/08/1952.

A Igreja de Nossa Senhora da Piedade em estilo maneirista, situa-se à beira mar de Piedade tendo em seu entorno construções de edifícios altos, bares e restaurantes. Sofreu várias reformas e melhoramentos ao longo da sua história. É uma construção em alvenaria de pedra, com anexo de um convento erguido no século XVIII. Encontra-se em regular estado de conservação, sendo tombada por lei municipal e em nível Federal.

Toda a área da praia de Boa Viagem para o sul era um rico trecho de terra que pertencia aos senhores de engenho dos primeiros séculos da cana-de-açúcar, e que aos poucos era ocupado por uma população variada de proprietários pesqueiros, plantadores de roçados de mandioca e pequenos criadores de gado. Na metade do século XVII essa região tinha já certa importância econômica. Foi a desaparecida Igreja de Nossa Senhora da Candelária que deu origem a este extenso trecho da costa bairro.

O fundador da Igreja da Piedade possuía, além das pesqueira, tinha uma venda que todos recordam sob a designação de Venda Grande, que era propriedade de Francisco Gomes Salgueiro, natural de Muribeca. Não se sabe exatamente a data de construção da Igreja mas de acordo com a lápide da sepultura do seu fundador” Francisco Gomes é de 1683. Sem herdeiros necessários, o fundador resolveu doar a capela e os sítios da praia, ao Convento de Nossa Senhora do Carmo da Reforma do Recife.

Check Also

Festival de Quadrilhas Juninas do Jaboatão dos Guararapes 2018

A Prefeitura Municipal do Jaboatão dos Guararapes, por meio da Secretaria Executiva de Turismo, Cultura, …