Índia Morena Patrimônio Vivo de Pernambuco

Índia Morena Patrimônio Vivo de Pernambuco

Em 2006 Índia Morena [Margarida Pereira de Alcântara], artista circense de Jaboatão dos Guararapes foi agraciada com o título de patrimônio vivo de Pernambuco.

Índia Morena Iniciou nas artes circenses, aos 10 anos, cantando num show de calouros na matinê do Circo Democrata. Mas só seguiria com a trupe do Itaquatiara Real Circo, graças à fuga de um macaco: Ao encontrar o fujão, dirigiu-se ao picadeiro para devolvê-lo, e lá se encantou com uma contorcionista, chamada Linda Morena. Foi o impulso que faltava para que a garota vislumbrasse um futuro na área.

Seu talento na dança, no contorcionismo e no trapézio a levou por mais de 40 circos, entre eles o Garcia, o Gran Circo Bartolo, o New American Circus, o Coliseu Argentino, Buglione e outros. Suas apresentações ultrapassaram as fronteiras brasileiras, visitando Bolívia, Peru, Argentina, Paraguai e Uruguai.

Por sua trajetória nos picadeiros, Índia Morena recebeu o título de patrimônio vivo do Estado de Pernambuco.

Fonte:

GASPAR, Lúcia. Patrimônio Vivo de Pernambuco. Pesquisa Escolar Online, Fundação Joaquim Nabuco, Recife. Disponível em: <http://basilio.fundaj.gov.br/pesquisaescolar/>. Acesso em:
08.12.2014

Nildo Barbosa
Gerente de Patrimônio Histórico

Idalice Laurentino
Coordenadora de Patrimônio Histórico



Deixe um comentário

WordPress spam blocked by CleanTalk.