Mesa Redonda discute o Patrimônio Cultural do Jaboatão dos Guararapes

As ações desenvolvidas pela Secretaria Executiva de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, para a XI Semana Estadual do Patrimônio Cultural, aconteceram nos dias 13 e 15 de agosto, com visita técnica aos engenhos do ciclo da cana de açúcar e uma Mesa Redonda, onde foram discutidos assuntos pertinentes à “Realidade e Perspectivas desses Patrimônios Culturais”.

O Município do Jaboatão dos Guararapes já teve em seu território 45 engenhos, hoje conta com pouco mais de 20, alguns só com seus resquícios e ruínas. O encontro para a Mesa Redonda aconteceu no Centro Cultural Miguel Arraes, onde o Secretário Executivo da pasta, André Trajano, deu as boas vindas aos participantes e convidados.

Historiadores, arqueólogos, gestores públicos de Meio Ambiente, Controle Urbano, Educação, Turismo e Cultura, e convidados do Sesc-Piedade, Instituto Histórico do Município, Conselho Municipal de Política Cultural e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional-IPHAN; debateram o tema na congregação de ideias e sugestões da plateia presente, onde constitui-se uma ata com deliberações para a criação do Comitê Municipal do Patrimônio Cultural e também da confecção de uma Revista voltada ao Patrimônio do Município.

O que se viu na vontade da maioria presente foi a de que, Jaboatão dos Guararapes tem potencial de ser protagonista no cenário da história de Pernambuco e do Brasil, não só por ser o nascimento da Pátria com o seu Parque Nacional dos Montes Guararapes, mas sim, pela grandiosidade e diversidade do seu Patrimônio Cultural Material e Imaterial, além do seu Patrimônio Natural, composto por suas praias, rios, lagoas, cachoeiras, fontes e montanhas com cavernas ainda não exploradas e, que o seu povo ainda não conhece.

Check Also

MOSTRA CULTURAL DO JABOATÃO PRORROGA PRAZO PARA AS INSCRIÇÕES

A Secretaria Executiva de Turismo, Cultura, Esportes e Lazer, no uso de suas atribuições que …